Tecnólogo em Radiologia - Luciano Santa Rita Oliveira

IMPORTANTE VII


Caros amigos e colegas TECNÓLOGOS EM RADIOLOGIA

Nos  dias  16, 17 e 20 de setembro das 18 as 22h ocorrerá  na Universidade Estácio de Sá no campus de Nova Iguaçu a SEMANA DE TECNOLOGIAS EM RADIOLOGIA - 2013.

Neste evento ocorrerão seminários de alta qualidade apresentados por profissionais experientes do mercado, que proporcionarão um melhor esclarecimento das diversas possibilidades de aplicação das ciências radiológicas. Serão abordados  diversos temas como tomografia, ressonância, mamografia, radiologia industrial, radiobiologia, gestão de serviços e segurança radiológica.


Ocorrerá emissão de certificado para os participantes presentes no evento.

Local: UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ - CAMPUS NOVA IGUAÇU
Rua Oscar Soares (antiga Plínio  Casado), 1466 - Califórnia, Nova Iguaçu - RJ


IMPORTANTE VI


Caros amigos e colegas TECNÓLOGOS EM RADIOLOGIA


Estou atualizando meu site visando uma melhor consulta entre os diversos textos que aqui  são mantidos. Desta forma alguns arquivos que eram mantidos na página notas de aula foram movidos para a página minicurso e novos arquivos e atualizações de alguns já existentes na página notas de aula, foram realizadas.

Deem uma olhada.


IMPORTANTE V


Caros amigos e colegas TECNÓLOGOS EM RADIOLOGIA


Depois de um longo tempo estou atualizando meu site adicionando a ele um BLOG, onde pretendo colocar minhas opiniões sobre os mais diversos temas relacionados ao cotidiano do TECNÓLOGO EM RADIOLOGIA.

A criação deste BLOG irá possibilitar uma maior interação com os usuários deste site bem como uma troca de informações mais rápida com os profissionias desta área.

Haverá uma chamada para o BLOG em cada página do meu site no espaço de  ASSUNTOS.

Passe por lá e de sua opinão, pois somente com maior participação cresceremos e nos tornaremos senhores de nosso destino.


IMPORTANTE IV


Caros amigos  e colegas  TECNÓLOGOS EM RADIOLOGIA

Estou atualizando meu site acrescentando uma nova página em Assuntos, para lhes apresentar o conteúdo de minha dissertação de Mestrado em Radioproteção e Dosimetria na área de metrologia, que foi defendida e aprovada em 17 de outubro de 2011 no Instituto de Radioproteção e Dosimetria (IRD) da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN).

O tema de minha dissertação é AVALIAÇÃO DA RESPOSTA DE DETECTORES CINTILADORES DE NaI(Tl) EM MEDIÇÕES DE KERMA NO AR EM FEIXES DE RAIOS X DIAGNÓSTICO.

Maiores informações acessem a nova página: Mestrado


IMPORTANTE III


Caros amigos  e colegas  TECNÓLOGOS EM RADIOLOGIA


Durante muito tempo temos nos perguntado por que  os concursos públicos para TECNÓLOGOS EM RADIOLOGIA são em número tão reduzido.

O grande motivo alegado era que a profissão de TECNÓLOGO EM RADIOLOGIA  não possuia registro no CÓDIGO BRASILEIRO DE OCUPAÇÃO  (CBO) e consequentemente não tinha o reconhecimento da profissão pelo Ministério do Trabalho. Isto fazia com que nós,  TECNÓLOGOS EM RADIOLOGIA, tivessemos em muitos casos de aceitar que nossa carteira de trabalho fosse assinada como Técnico.

Bem, caros colegas, esta desculpa não existe mais. Os TECNÓLOGOS EM RADIOLOGIA  já possuem número de registro no CBO (n°3241-20) e não precisam mais aceitar que sua carteira de trabalho seja assinada como técnico. Exija que a mesma seja assinada como TECNÓLOGO EM RADIOLOGIA.

Esta notícia foi divulgada em 11/03/2011 pelo site do Sindicato de Técnicos em Radiologia do Estado de São Paulo ( www.sintaresp.com.br ). Abaixo transcrevo a a notíca presente no site:

CBO DOS TÉCNOLOGOS EM RADIOLOGIA – Nº 3241-20

11/03/2011

Tecnologos em radiologia conquistam CBO – código brasileiro de ocupação, isto significa o ingresso profissional no mercado do trabalho e o reconhecimento da profissão pelo Ministério do Trabalho.

Além desta vitória, os técnologos passam a ter atribuição específica nos departamentos de imagenologia.

Atribuições: realizam exames de diagnóstico ou tratamento; processam imagens; planejam atendimento; organizam área de trabalho, equipamentos e acessórios; preparam paciente para exame de diagnósticoou tratamento e trabalham com biosegurança.
 

IMPORTANTE II

 

Caros amigos  e colegas  TECNÓLOGOS EM RADIOLOGIA


Gostaria de informá-los que ocorreram  mudanças no substitutivo do Deputado Vicentinho em seu substitutivo ao projeto de Lei PL 2245/2007 do Sr Deputado Reginaldo Lopes. As mudanças alteram de forma significativa a redação e não mais exclui os TECNÓLOGOS EM RADIOLOGIA do texto do projeto. O deputado Vicentinho finalmente reconhece que existe áreas de atuação de TECNÓLOGOS que não eram contemplados em seu substituto anterior.

Agora em seu substutivo no artigo 1 informa:
É livre o exercício da profissão de Tecnólogo aos portadores de diploma:
I – devidamente registrado em curso de Tecnologia, expedido por instituição brasileira de ensino superior oficialmente reconhecida;
II – expedido por instituição estrangeira de ensino superior, revalidado na forma da lei, cujos cursos foram considerados equivalentes aos mencionados no inciso I do caput deste artigo.

E nos artigos 4 e 5 :
Art. 4º A denominação Tecnólogo fica reservada aos profissionais legalmente habilitados na forma desta lei.
Art. 5º A fiscalização do exercício profissional do Tecnólogo será exercida, de acordo com cada modalidade, pelos órgãos fiscalizadores existentes.

A se lamentar, em minha opnião, a exclusão da possíbilidade de formação de novos conselhos profissionais e a manutenção de fiscalização pelos conselhos existentes.

Estou disponibilizando através deste link  o substutivo do deputado Vicentinho.

Como já presenciei o arquivamento de outro projeto de lei que regulamentaria nossa profissão, manteriei  os informes abaixo  até a aprovação deste projeto de lei como um forma de alerta aos colegas TECNÓLOGOS EM RADIOLOGIA , pois a batalha final não foi vencida.

Conto com todos.  A HORA AINDA É AGORA.


IMPORTANTE

 

Caros amigos  e colegas  TECNÓLOGOS EM RADIOLOGIA

Como é de conhecimento de voces venho divulgando a tramitação do projeto de Lei  PL 2245/2007 do Sr Deputado Reginaldo Lopes e divulgo nesta página link (veja abaixo) para quem quiser acompanhar o andamento do mesmo.

Se voces fizerem isto agora, verão que no andamento do dia  09/03/2010  o Sr Deputado VICENTINHO, relator do projeto,  deu parecer favorável a um substituto ao projeto de Lei que em seu conteúdo EXCLUI os TECNÓLOGOS EM RADIOLOGIA. 

Abaixo divulgo conteúdo do e-mail que enviei para o deputado Reginaldo Lopes autor do projeto original e cópia com este teor também foi enviada para o deputado VICENTINHO.

   

Sr Deputado Reginaldo Lopes

Sou TECNÓLOGO EM RADIOLOGIA formado pela Universidade Estácio de Sá em 2002 e fiquei preocupado e surpreso quando li o relatório do DEPUTADO VICENTINHO de  09/03/2010 sobre o seu projeto de lei  e vi que a minha profissão não estava listada no "II - Voto do relator".

Caro deputado minha profissão vem sofrendo a anos vinculada em um conselho, CONTER, que nos reconhece mas que nunca atuou em nosso beneficio com decisão necessária. Somos um dos cursos de formação de tecnólogos mais antigos do pais. A universidade Estácio de Sá junto com a ULBRA tem reconhecimento pelo MEC desde 1985.

Acompanho a tramitação do seu projeto desde o início, divulgo o mesmo pelo meu site desde a apresentação do projeto, fazendo esta divulgação também  nos CONGRESSOS que participo.

Caro deputado a não inclusão do TECNÓLOGO EM RADIOLOGIA neste projeto de lei causará um ENORME prejuízo a uma categoria de profissionais extremamente expressiva, numerosa e de suma importância para a área de saúde e indústria, principalmente a de saúde pois são os TECNÓLOGOS EM RADIOLOGIA na imensa maioria do país, os responsáveis pela operação de TOMÓGRAFOS, RESSONÂNCIA MAGNÉTICA, DENSITOMETRIA, RADIOLOGIA DIGITAL E CONVENCIONAL, CONTROLE DE QUALIDADE EM RADIODIAGNÓSTICO, PROTEÇÃO RADIOLÓGICA E OUTRAS ÁREAS. Também estamos conseguindo colocação, praticamente sem apoio e somente com nossa capacidade profissional, em atividades de ENSAIO NÃO DESTRUTIVO E PROTEÇÃO RADIOLÓGICA NA INDÚSTRIA.

A não inclusão dos TECNÓLOGOS EM RADIOLOGIA no substitutivo aprovado no parecer  do deputado VICENTINHO causará ENORME  prejuízo a toda uma categoria profissional que a anos vem lutando pela REGULAMENTAÇÃO DE SUA PROFISSÃO, desde o projeto de Lei do então deputado Aldo Rebelo PLC  n. 4731 que foi arquivado em 2006.

Caro Deputado Reginaldo Lopes espero que POSSA ATUAR  contra a decisão de não inclusão dos TECNÓLOGOS EM RADIOLOGIA no substituto aprovado pelo parecer do Deputado Vicentinho.

Espero ainda que a não inclusão dos TECNÓLOGOS EM RADIOLOGIA  no parecer do referido deputado , não tenha sido influenciada  pelo de fato de que SOMENTE  no estado de São Paulo, estado que o deputado Vicentinho representa, a categoria dos Biomédicos também esteja exercendo parte das atividades listadas acima. Espero sinceramente que não pois não caberia a um deputado com uma história de luta tão expresssiva pela classe trabalhadora.

Caro DEPUTADO REGINALDO LOPES peço que este erro  seja corrigido e que no projeto de lei PL02245/2007 seja incluído,  a profissão de TECNÓLOGO EM RADIOLOGIA para  que todos nós profissionais  que amamos esta profissão possamos  trabalhar protegidos e amparados pela LEI.

Atenciosamente,
Luciano Santa Rita Oliveira
TECNÓLOGO EM RADIOLOGIA
ESPECIALISTA EM GESTÃO DA SAÚDE E ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR
MESTRANDO EM RADIOPROTEÇÃO E DOSIMETRIA - IRD/CNEN

Peço para aqueles que concordarem comigo  que se posicionem, que enviem e-mails para o DEPUTADO VICENTINHO ( dep.vicentinho@camara.gov.br)  a fim de que não sejamos mais uma vez prejudicados.

Conto com todos.  A HORA É AGORA.

   

Bem vindos

Nesta 3a atualização do site continuo desejando que o mesmo possa contribuir para acrescentar conhecimento, estimular a participação de outros colegas tecnólogos em discutir assuntos técnicos referentes a nossa área de atuação e servir para manter aberta uma salutar discusão sobre a profissão de tecnólogo em radiologia.

O site com esta reformulação visa ficar mais enxuto e mais técnico. Com a nova diagramação os arquivos disponíveis para download, desenvolvidos pelo mantenedor do site, podem ser acessados nos links acima. Nos links ao lado serão abordados vários assuntos pertinentes a esfera de atuação do tecnólogo em radiologia e também serão disponibilizados alguns trabalhos desenvolvidos por meus alunos.
Nesta página de abertura será mantido o meu artigo sobre "A hora do tecnólogo em radiologia" pois continuo acreditando na importância em chamar os colegas tecnólogos a uma maior participação em assuntos tão importantes e decisivos para o futuro da profissão. 

Também serão apresentados nesta página inicial todos os assuntos de relevancia para a profissão.

Bem como serão informadas todas as futuras atualizações nas diversas páginas que compõem este site.

   

Informações sobre projeto de lei  - Projeto de Lei 2245/2007 do deputado federal Reginaldo Lopes que regulamenta a profissão de TECNÓLOGO:

  • Baixe o texto do projeto aqui
  • Acompanhe o andamento do projeto aqui

   

Atualizações - foram realizadas alterações nas páginas:

  • EM TODAS AS PÁGINAS


A Hora do tecnólogo em Radiologia

Até a bem pouco tempo o mercado de trabalho se perguntava o que faz um tecnólogo, qual a diferença deste profissional para um de nível técnico, para que e por que existiam cursos superiores em tecnologia. Além disso grande número de pessoas olhava estes cursos somente como uma oportunidade de obter um diploma de gradução em pouco tempo.

Hoje no Rio de Janeiro os cursos superiores em tecnologia são os cursos das universidades com maior ingresso de alunos, são os que fornecem as melhores perspectivas de colocação no mercado de trabalho.

O mercado vislumbrou no tecnólogo o profissional que precisava, formado em consonância com as velozes transformações que ocorrem, em função do avanço das novas tecnologias, pedindo, a curto prazo, profissionais multi-especializados para atender à diversificação e complexidade do mundo do trabalho.

A globalização imposta pelas novas tecnologias atingiu em cheio o mercado de trabalho, especialmente o do Brasil, provocando profundas alterações e solicitando do trabalhador novas competências e habilidades. 

Os cursos tecnológicos contemplam pontos disciplinares e interdisciplinares que dão ao aluno à compreensão teórica das operações a executar em área e nicho de mercado bem determinados.

Outra particularidade da graduação tecnológica é a metodologia, direcionada a nichos não atendidos pela graduação tradicional, o que garante a boa receptividade de seus egressos. O aprendizado é voltado para o trabalho, são focalizados pontos mais específicos da área profissional.

Dentre os cursos superiores de tecnologia o de formação do tecnólogo em radiologia é de maneira bastante clara o que mais cresce. O que ocorreu?

Uma demanda crescente no mercado de trabalho por profissionais que venham atuar com novas tecnologias na aquisição de imagens diagnóstica e nas aplicações das radiações ionizantes exigindo uma maior preparação, formação e aprimoramento educacional deste profissional. Os CST em Radiologia dão a este profissional à compreensão teórica das operações a executar bem como agilidade e foco específico na área e nicho de mercado determinados permitindo ao tecnólogo transitar da universidade para o mundo do trabalho.

Apesar deste bom momento, o tecnólogo em radiologia precisa enxergar o próximo passo. Chegamos ao mercado com o exercício profissional fiscalizado pelo sistema CONTER/CRTR.

Este sistema de conselho profissional representa os Técnicos em radiologia e também os Tecnólogos, apesar da lei 7394/85 que regulamenta a profissão de Técnico em nenhum ponto fazer qualquer referência aos tecnólogos. 

Somos reconhecidos pelo sistema CONTER/CRTR pela Resolução n. 7 de 22 de maio de 1998. Mas vale ressaltar que, mesmo sem os Tecnólogos serem citados na Lei 7394/85, a sua formação acadêmica atende a todos os incisos do artigo 1 da mesma.

Nossa profissão não é regulamentada. Para tal necessitamos de uma lei federal, o projeto de lei que tramitava no congresso nacional de autoria do Sr Aldo Rebelo, PLC n. 4731, foi arquivado no final de 2006.

Em contra partida o sistema CONTER/CRTR, apesar de bons avanços no relacionamento entre os profissionais a ele vinculados, não demonstra  a agilidade necessária para produzir as definições das funções que tecnólogos e técnicos em radiologia devem possuir respeitando suas diferenças de formação acadêmica. Desta forma, os tecnólogos em radiologia ainda convivem com a falta de concursos públicos ou o número reduzido destes com definição de vagas  que respeite sua formação de nível superior ou seja graduação. 

Vivemos agora sob a expectativa da aprovação do PL 2245/2007 do Deputado federal Reginaldo Lopes (MG) que busca regulamentar a profissão de Tecnólogo inclusive prevendo a criação de conselhos federais e regionais de fiscalização de exercício profissional. 

O projeto traz como atribuições dos tecnólogos

  • analisar dados técnicos; 
  • orientar e analisar projetos; 
  • coordenar, supervisionar e fiscalizar serviços técnicos das suas áreas de competência; 
  • realizar vistorias, avaliações e laudos técnicos; 
  • executar e responsabilizar-se tecnicamente por serviços e empresas;
  • prestar consultoria, assessoria, auditoria e perícias;
  • exercer o ensino e a pesquisa.

Nossa profissão continua a merecer mais.  Nós continuamos a merecer mais. Depende agora principalmente da nossa participação para que este projeto não tenha o mesmo destino do anterior.

Tecnólogos participem, sejam atuantes.

  


Luciano Santa Rita Oliveira

Mestre em Radioproteção e Dosimetria

Pós-graduado em Gestão da Saúde e Admistração Hospitalar
Tecnólogo em Radiologia

          tecnologo@lucianosantarita.pro.br